quinta-feira, 30 de setembro de 2010

IAF Faz Doações para Grupos de Base o Ano Todo

Fundação Interamericana

A Fundação Interamericana é um organismo independente de ajuda externa do Governo dos Estados Unidos que financia os esforços de auto-ajuda de grupos de base (da América Latina e do Caribe) para melhorar as condições de vida dos desfavorecidos e excluídos, melhorar sua capacidade decisória e de auto-gestão, baseado na participação e na iniciativa comunitária.

A IAF não identifica problemas ou sugere projetos; ela responde a iniciativas apresentadas, sendo que os projetos são selecionados por seu mérito e não por setor. As propostas podem ser apresentadas durante todo o ano e serão revistas à medida que forem recebidas.

Clique aqui para saber mais.

Projetos direcionados à pessoas cegas recebem apoio permantente

Fundação ONCE

A Fundação Once para a Solidariedade com Pessoas Cegas da América Latina recebe em caráter permanente solicitações de apoio financeiro, tecnológico, material e humano de ONGs e projetos brasileiros voltados a formação acadêmica, capacitação de adultos no âmbito trabalhista e iniciativas que fortaleçam o movimento associativo das pessoas cegas ou deficientes visuais. A natureza dos recursos destinados a esses apoios ou ajudas poderá ser de tipo econômico, humano, tecnológico e/ou material.

Clique aqui para saber mais.

Inscrição de projetos desportivos e paradesportivos até 26/10

Oi Futuro

A Oi, através do Oi Futuro, lança pela primeira vez um edital nacional para seleção de projetos desportivos e paradesportivos. Após 3 anos de bons resultados em apoios a iniciativas sócio esportivas, foi construído o Programa Oi de Patrocínio Esportivo Incentivado.

A responsabilidade é grande e o êxito, compensador. Afinal, o Programa tem abrangência nacional. Da vizinhança das metrópoles aos pontos mais longínquos do Brasil.

O processo de seleção tem como objetivo selecionar um número não pré-definido de projetos de esportes e esportes paraolímpicos, incluindo eventos e intervenções relacionadas à implantação/reforma de infra-estrutura esportiva de pelo menos uma das três manifestações esportivas (participação, educacional e rendimento), que contribuam para a promoção da educação, a preservação do meio ambiente, a integração das pessoas e comunidades e que se enquadrem nas condições e exigências do edital.

As inscrições vão até 26 de outubro. Clique aqui para acessar o edital.

Apoio para Movimentos Populares

A CESE (Coordenadoria Ecumênica de Serviços) apoia com recursos financeiros, pequenos projetos de organizações e movimentos populares espalhados por todo o Brasil, que defendem os direitos humanos e lutam por um país mais justo e igualitário. Para tanto, anualmente a CESE aprova de 350 a 400 projetos, de um total de quase 1.000 propostas recebidas e analisadas pela sua equipe de assessores.

Para facilitar a solicitação de apoio dos grupos, disponibilizamos a seguir informações sobre quem pode receber o apoio da CESE, um Roteiro com orientações para a elaboração dos projetos a serem encaminhados, critérios de seleção e uma lista de perguntas e respostas mais frequentes. Vejam a seguir:


A CESE APOIA PROJETOS NAS ÁREAS DE:

• Desenvolvimento Institucional - iniciativas que visem organizar, fortalecer e articular as organizações populares e sociais enquanto agentes de transformação social.

• Direitos Humanos - projetos que buscam a promoção dos Direitos Humanos (econômicos, sociais, culturais e ambientais; em especial, a luta contra toda forma de preconceito, intolerância e violência).

• Desenvolvimento Econômico - iniciativas de geração de ocupação, trabalho e renda que visem à inserção econômica da população excluída do mercado formal de trabalho, ou consolidem formas alternativas estáveis de produção e geração de renda.

• Comunicação e Cultura - esforços pela democratização da informação e resgate e promoção da cultura popular.

• Meio Ambiente - projetos de educação ambiental e de intervenção de grupos e associações para: implantação de políticas públicas, recuperação de áreas degradadas, reciclagem, superação de conflitos sócio-ambientais e manejo adequado de recursos naturais.

• Diaconia Ecumênica (Serviço Social das Igrejas) - iniciativas dos setores diaconais das igrejas que tenham dimensão ecumênica, para fortalecer o trabalho da igreja no âmbito dos direitos humanos e o do seu compromisso com os movimentos sociais de caráter popular.

• Saúde Popular - promoção de saúde pública e do resgate de práticas alternativas eficazes de saúde, com base em tradições populares.

• Educação - defesa da educação pública, da educação popular comunitária e, ao fomento de práticas educativas diferenciadas.

Clique aqui para maiores informações

Sonho Impossível - Maria Bethânia

No último dia (do primeiro turno?!) de campanha eleitoral, uma amiga me contou que amanheceu cantando Maria Bethânia. Que fique claro: elas - a amiga e a "Bethânia" - certamente não estavam pensando no próximo domingo.

Se quiser ler a letra: http://letras.terra.com.br/maria-bethania/47243/


domingo, 26 de setembro de 2010

Prêmio Instituto Claro - Novas formas de Aprender e Empreender


O Instituto Claro acredita que as ideias inovadoras, se colocadas em prática, têm o poder de transformar o mundo.

Por isso, a edição de 2010 do Prêmio Instituto Claro – Novas formas de Aprender e Empreender tem como objetivo fomentar o empreendedorismo na educação e no desenvolvimento comunitário, reconhecendo e articulando os agentes, de forma a tornar ainda mais transformadoras as suas ações. Em sua primeira edição, o Prêmio teve 1.365 iniciativas inscritas.

Se você é um empreendedor social que usa as tecnologias de informação e comunicação para inovar na educação e no desenvolvimento comunitário, participe. Serão R$ 150 mil em prêmios, distribuídos conforme o regulamento.

Veja em qual das duas modalidades seu projeto se encaixa e faça sua inscrição. Sua iniciativa transformadora pode fazer a diferença.

Clique aqui para visitar a página do Prêmio.

sábado, 25 de setembro de 2010

Conselho da Mulher comemora: Irmã Mária vai receber em BH o título ‘Mulher Notável’ 2010


ACIP/CDL

O Conselho da Mulher Empreendedora da ACIP/CDL informa: a Irmã Maria Josephina Vam Rompay vai receber o título Mulher Notável 2010 no segmento Educação durante o Salto em Negócios, dia 29 de setembro, em Belo Horizonte, promovido pela Associação Comercial de Minas.

Irmã Mária é coordenadora do Curso de Enfermagem do Colégio Berlaar Nossa Senhora do Patrocínio e também presta serviços à Santa Casa de Misericórdia. O nome dela e de outras mulheres notáveis patrocinenses e de toda Minas Gerais, foram indicados à organização do evento pelo Conselho da Mulher Empreendedora da ACIP/CDL e outras ACI's e o corpo de jurados acabou escolhendo Irmã Maria como uma das homenageadas.

Uma missão de Patrocínio vai a Belo Horizonte participar do evento nos dia 29 e 30. Ainda há vagas e mais informações podem ser obtidas na ACIP/CDL com Cleide no 3831-5500 ou 9902-4990.

O Salto em Negócios acontece no dias 28, 29 e 30 de setembro. Neste ano, o tema abordado será: Mulheres empreendedoras fazendo a diferença – procurando atender o “bem estar” da mulher na sua totalidade: na Emoção, Saúde, Beleza. Espiritualidade e gestão.

[Serviço]
Evento: Missão de Patrocínio no Salto em Negócios
Local: BH
Data: 29 e 30 de Setembro
Informações: 3831-5500 ou 9902-4990
Contato: Cleide

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

CNI: 71% das empresas adotam gestão ambiental

Porcentual diminui para 61% entre as pequenas empresas e sobe para 94,9% entre as grandes
Agencia Estado


São Paulo. Procedimentos relacionados à gestão ambiental, como economia de energia elétrica e reutilização da água, são adotados por 71% das empresas, segundo levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Esse porcentual diminui para 61% entre as pequenas empresas e sobe para 94,9% entre as grandes. Entre aquelas que declararam adotar esses procedimentos, 87,5% afirmaram contar com um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) - que compreende processos com certificação internacional.

Dentre os programas adotados dentro do SGA, destacam-se a redução na geração de resíduos (80,1% das empresas que possuem SGA), o uso eficiente de energia (69,5%), a redução no consumo de água (58,3%), o uso de resíduos como matéria-prima ou insumo (45,9%) e a reutilização de água (43,6%). Por outro lado, foi constada a baixa adesão de práticas capazes de proteger a fauna e a flora. A proteção de áreas ambientais sensíveis teve adesão de apenas 36%, enquanto investimentos na produção da biodiversidade abrangeram 6,9%.

O levantamento indica que os principais fatores para a adoção desses procedimentos foram preocupação com a marca da empresa e as exigências legais. Segundo a pesquisa, os principais pontos foram imagem e reputação (assinalado por 78,6%), exigências do licenciamento ambiental (77,7%), regulamentos ambientais (66,6%) e política interna das empresas (65,8%).

"Esse fato demonstra que há uma clara preocupação das empresas quanto ao que consumidores, acionistas, mídia e concorrentes percebem da empresa com relação às questões ambientais", afirma o relatório da CNI.

Investimentos

A pesquisa mostra que 88% das empresas tinham planos de investir em preservação ambiental em 2010, um aumento de 2,1 pontos porcentuais em relação a 2009. Na opinião das empresas entrevistadas, esses investimentos deveriam ser impulsionados por meio de incentivos fiscais, acesso a crédito de fundos ambientais e pelo pagamento por programas de conservação.

A sondagem da CNI foi feita com 1.227 empresas (677 pequenas, 367 médias e 183 grandes), entre os dias 5 e 19 de abril.

EUA dão aval positivo à inspeção da carne no Brasil

America Economia

Visita dos norte-americanos está relacionada à detecção de um lote de carne processada que continha o vermífugo ivermectina acima do limite estabelecido
Agencia Estado

Brasília. A missão do Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (FSIS, na sigla em inglês) dos Estados Unidos que esteve no Brasil desde o dia 31 de agosto para verificar se o sistema de segurança alimentar do Brasil é equivalente ao norte-americano apresentou uma avaliação final positiva. A resposta oficial sobre a retomada das exportações de carnes brasileiras termoprocessadas para os Estados Unidos, no entanto, só deve ocorrer em dois meses, depois que os técnicos retornarem aos EUA e comunicarem seus superiores a respeito dos resultados da visita ao Brasil.

A visita dos norte-americanos está relacionada à detecção de um lote de carne processada que continha o vermífugo ivermectina acima do limite estabelecido pelos norte-americanos, que é de 10 partes por bilhão (ppb). O caso foi registrado em maio deste ano. Na ocasião, o governo brasileiro optou por suspender as vendas da carne processada brasileira aos Estados Unidos e elaborou, com a iniciativa privada, um plano de ação que começou a ser adotado em julho. Entre as normas propostas está a seleção, pelos frigoríficos, de fornecedores de carne bovina que comprovem o respeito ao período de carência entre a aplicação de um medicamento até o abate dos animais.

Leia a matéria completa aqui.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Música para quem puder ver


"Eu acho que a lição que fica para mim é que
É possível ver poesia em qualquer lugar
Depende só do jeito que a gente olha
É possível realizar isso
Depende d'a gente ter alguma iniciativa"

Revelados os segredos para um bom café expresso


Instituto Nacional do Expresso italiano e o Instituto de Degustadores de Café elaboraram uma lista de erros que os consumidores jamais deveriam aceitar em uma cafeteria

Por Agência EFE

ROMA - Um café só ou "expresso", como é chamado na Itália, é algo mais que uma bebida escura estimulante, é uma arte, uma questão de orgulho nacional para os italianos, e por isso eles resolveram difundir os melhores truques para prepará-lo e para que o cliente esteja atento ao desempenho correto do funcionário. O Instituto Nacional do Expresso italiano e o Instituto de Degustadores de Café elaboraram uma lista de erros que os consumidores jamais deveriam aceitar em uma cafeteria.

Liderando a lista de pecados está o material e o formato da xícara utilizada, pois se esta for cilíndrica não ajudará na formação do creme, e se for feita em louça não manterá a temperatura adequada.

O ideal é que o café seja servido em uma xícara de porcelana esférica, mais estreita na base que na parte superior, o que contribui para manter a temperatura e favorece a percepção dos aromas e os sabores do café.

Também será necessário checar onde e como são distribuídas as xícaras antes de servir o esperado 'expresso', diz Luigi Odello, professor de Análise Sensorial, pois, se estas estão dispostas em mais de dois níveis acima da cafeteira, o melhor é começar a pensar em pedir um chá.

Embora a primeira vista possa parecer um detalhe sem importância, ter duas fileiras de xícaras sobrepostas significa um erro capital na preparação do café, já que as que estão na terceira e quarta filas estarão frias e não manterão a temperatura adequada para uma correta degustação.

É aconselhável, além disso, ver se o garçom enche de forma apropriada o filtro, e para isso é preciso estar atento na maneira como ele programa o dosificador.

Depois, ele terá que saber prensar o café moído do filtro com força e vigor, exercendo a pressão equivalente a 20 quilos de peso.

Porque se não for bem prensado será difícil eliminar os restos da mistura, pois no final do dia o porta-filtro terá acumulado uma consistente dose de café já utilizado, passando a sair queimado.

A ordem e a limpeza são fundamentais na preparação desta bebida e por isso tem de controlar se, após prensar o café, o funcionário se preocupa em eliminar os restos da mistura nas bordas do porta-filtro.

O último teste de fogo será observar atentamente como sai o café: se baixa aos borbotões significa que algo saiu errado, já que só vale à pena beber se o líquido evocar a formato da "cauda de um rato" (por mais nojento que isso possa parecer) e cair com fluência até a xícara.

Tudo isso, em não mais de 25 segundos, o tempo necessário para encher os 25 mililitros da xícara com um bom 'expresso', que, se for servido corretamente, apresentará "um intenso tom avelã com reflexos avermelhados e uma textura tão fina que não será possível ver nela a trama", assinala Odello.

São características que para este especialista significam uma "promessa" de um "aroma particular que abrange desde o mel às flores, passando pelo chocolate, frutas secas e especiarias".

Com bem menos dessa quantidade, uns cinco mililitros, será possível estabelecer, no entanto, se o 'expresso' conta com a acidez titulável, "sem parecer um limão", e se é um café "encorpado, sem nenhum toque adstringente e com um bom equilíbrio entre o ácido e o amargo".

Todos eles, em suma, são pequenos detalhes que devem ser levados em consideração e com os quais os amantes de um bom 'expresso', após um árduo trabalho de pesquisa, poderão curtir um dos pequenos prazeres cotidianos com esta bebida estimulante, que tem no mundo tantos seguidores quantos detratores.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

11 de setembro: lá vamos nós de novo

Cena de tortura em Bagram

Um dos modos mais poderosos de se perpetuar e fortalecer uma ideologia é obtendo-se controle sobre o calendário e sobre o modo como as pessoas marcam a passagem do tempo, recordam eventos passados e celebram momentos sagrados. Desse modo, por exemplo, a cristandade tomou posse dos dias santos do paganismo e converteu-os em festivais cristãos (Natal, Páscoa e assim por diante). Então, em nossa própria época, o capitalismo global tomou posse dos dias santos do cristianismo e converteu-os em festivais de consumo e de acumulação de débito (fazendo o mesmo com os dias santos da nação-estado).

Em qualquer dia marcado como santo – ou designado como momento de se recordar um evento passado – vale lembrar que algumas coisas estão sendo lembradas, enquanto outras estão sendo esquecidas. Certas facções da sociedade têm sempre um interesse velado em moldar nossa memória desta forma, e acontece de serem as mesmas facções que têm o poder de impor sua própria versão da história sobre nós.

Pegue hoje, 11 de setembro. 11/9. Que evento momentoso aconteceu no dia de hoje?

A verdade é que mais de um evento momentoso aconteceu neste dia no curso da história. Em 11 de setembro de 1973 o golpe de Pinochet derrubou no Chile o governo democraticamente eleito de Salvador Allende. Durante os anos subsequentes de seu governo, entre 9.000 e 30.000 pessoas foram assassinadas ou “desapareceram”, dezenas de milhares mais foram torturadas ou aprisionadas, e centenas de milhares experimentaram “situações de trauma extremo”.

Levando-se em conta a maciça perda emocional colocada em andamento pelos eventos de 11 de setembro de 1973, poderia ter ocorrido a alguém marcar cada 11 de setembro com alguma espécie de memorial. Isso, no entanto, não aconteceu, e tampouco a data será lembrada dessa forma. Por quê? Porque o golpe de Pinochet contou com o apoio da CIA, seu domínio foi sustentado pelo governo americano, seus torturadores foram treinados por oficiais americanos e sua economia implacável (que triturou o povo de seu país de modo a vender seus recursos a corporações externas) foi dirigida por economistas americanos (Milton Friedman comunicava-se pessoalmente com Pinochet, encorajando-o a manter-se fiel ao capitalismo de livre-mercado sem deixar-se distrair pelos sofrimentos do povo chileno).

Por essa razão, aqueles com o poder e os recursos para conduzir as narrativas públicas e as versões da história a que somos submetidos – aqueles que criam os dias especiais que marcam nossos calendários – tomaram providências para que o 11 de setembro permaneça um dia em que esse evento é apagado da história. Ao invés de ser um dia de se lembrar, é um dia de se esquecer. Esqueçamos Allende. Esqueçamos Pinochet. Esqueçamos a destruição da democracia na América Latina. Esqueçamos os modos injetores-de-morte com os quais os Estados Unidos e o resto do Ocidente têm tratado o resto do mundo. Deus sabe que a lembrança dessas coisas poderia inspirar alguns sujeitos a bater com aviões em prédios (embora, pode ser necessário notar, estou convicto de que estariam agindo errado se o fizessem).

Há nove anos, no entanto, alguns caras de fato pilotaram aviões de modo a que colidissem com prédios, e é isso que somos ordenados a lembrar no dia de hoje. É uma opção sem dúvida superior, porque nela nasce a América como vítima inocente – uma vítima que, renascendo das cinzas, permanece ainda disposta a oferecer-se em sacrifício de modo a levar gratuitamente a liberdade e a sabedoria (McDonald’s e Coca-Cola) ao resto do mundo. América, o herói longânimo. América, nosso próprio Cavaleiro das Trevas.

O interessante é que o ano em que tudo isso aconteceu é normalmente removido do vocabulário. As pessoas se referem ao “11 de setembro” ou a “11/9″; não se fala em “11 de setembro de 2001″ ou “11/09/2001″. Desse modo os eventos daquele dia adquirem uma espécie de atemporalidade e adentram um processo de recorrência eterna. A remoção do ano traz o episódio para perto de nós e faz com que pareça que tudo aconteceu um minuto atrás. Isso não apenas acentua a manipulação emocional produzida por espetáculos memoriais, mas também nos ajuda, de modo muito conveniente, a esquecer tudo que aconteceu desde então. Deste modo, lembramos os americanos que sofreram e morreram injustamente. Lembramos o heroísmo dos bombeiros de Nova Iorque.

O que não lembramos são os 100.000 civis que morreram mortes violentas no Iraque desde a invasão americana. Também não lembramos os civis (entre 14.000 e 35.000) que morreram até agora no Afeganistão (isso sem falar no incalculável número daqueles deixados feridos, incapacitados, sem filhos, órfãos ou traumatizados nesses dois países). O que não lembramos é o número incontável de inocentes raptados e torturados por soldados americanos desde 11/9 – em Abu Ghraib e Guatanamo, de Bush, e na prisão “super-Guatamano” de Obama na base da Força Aérea em Bagram.

O que não lembramos é que o governo americano investiu 1.078.552.000.000 de dólares (e contando) nessas guerras. É dinheiro dos contribuintes, mas não lembramos o quanto essas guerras estão contribuindo para a crise econômica nos Estados Unidos, aos cortes orçamentários relacionados a casas populares, escolas públicas, rodovias, iluminação pública e serviços sociais. O que não lembramos é que Bush mentiu ao começar essas guerras e que a administração de Obama mentiu quanto a dar um fim a elas.

Portanto, hoje seremos lembrados a “nunca esquecer” os eventos que ocorreram nove anos atrás. Porém o mandato de lembrarmos determinados eventos de determinadas formas, com a exclusão de todo o restante, é na verdade um modo muito poderoso de se produzir o esquecimento em massa.

Os rumores a seu respeito


Desde o momento em que você nasce as pessoas começam a falar sobre você umas com as outras, sem que você tenha acesso direto ao conteúdo do que elas dizem e sem que possa interferir com a mesma liberdade criativa nas concepções que desenvolvem a seu respeito.

Com o tempo, os rumores a seu respeito tornar-se cada vez mais associados a você; quando você chega, o que as pessoas de fato enxergam é uma complexa obra de ficção, uma impressão formada tanto ou mais pelo conjunto total dos rumores a seu respeito quanto pelo que você de fato já disse ou fez.

Somos, cada um de nós, uma obra coletiva.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Ficha Limpa: Eu assinei, falta você!

Mônica Othero Nunes por email

Se você cidadão comum, como eu, cometer algum "deslize” seja como pessoa física ou jurídica em qualquer campo de sua vida profissional, amorosa, cívica, logicamente num curto espaço de tempo, será punido seja com multas, penas sócioeducativas, julgamentos e até prisão. “Você vai responder pelos seus possíveis atos ilegais”. Terá que remover o céu até a terra para provar a sua inocência e ter ao seu lado um ótimo advogado. Sem falar no desgaste emocional que vai sentir. No clima péssimo que vai ficar no seu trabalho e família.

Então eu pergunto: por que com o político está sendo diferente?Já foi feito a Campanha FICHA LIMPA com um número expressivo de assinaturas. Agora estão tentando modificar esse Projeto que foi algo diferenciado na democracia do Brasil. Continuam com a "mesma alma lavada e enxaguada”. Estes 242 estão tentando barrar o Projeto Ficha Limpa, influenciando os possíveis ministros do STF que estão em dúvida se é constitucional ou inconstitucional? Como pode isso acontecer?

Você que sente no seu dia todas as situações que precisam de mudanças reais para que possamos de fato usufruir os mesmos direitos e deveres assine mais uma vez petição:

http://www.avaaz.org/po/ficha_limpa_supremo/?vl

Como pode querer que o povo de uma maneira em geral seja ético, honesto, responsável se os representantes não são? Se é permitido concorrer a alguma vaga sendo acusado de corrupto? A demora para julgar casos envolvendo políticos corruptos, a permissão para disputar mais uma eleição mesmo correndo risco no futuro de ser cassado nos mostram o caminho: precisamos dar um basta participando, mobilizando a sociedade.

Está na hora de estudar o passado do seu possível candidato. De escolher com calma, para não ser vitima desses políticos que alimentam a corrupção, impunidade, o acima das Leis. Observe no cenário nacional quem está apoiando quem. Alguns voltaram com força, apoiando quem no passado foi oposição!

Não podemos jogar fora a oportunidade de construção de um novo quadro político no Brasil.

Eu já assinei, falta você!

Monica Othero Nunes

Troque o plástico por jornal

A grande justificativa das pessoas que dizem que "precisam" de sacolinhas plásticas é a embalagem do lixo. Tudo bem, não dá mesmo pra não colocar lixo em saco plástico, mas “Sacos de lixo Biodegradáveis” que são feitos com materiais orgânicos e de fibras vegetais levam bem menos tempo para se degradarem no solo assim causando menos impacto na Natureza.

Além disso será que não dá pra diminuir a quantidade de plástico no lixo?

Melhor do que encher diversos saquinhos plásticos ao longo de uma semana é usar um único saco plástico dentro de uma lixeira grande na área de serviço, por exemplo, e ir enchendo-o por alguns dias com os pequenos lixinhos da casa (da pia, do banheiro, do escritório). Se o lixo é limpo, como de escritório (papel de fax, pedaços de durex etc.), pode ir direto para a lixeira sem proteção. No caso dos lixinhos da pia e do banheiro o melhor substituto da sacolinha é o saquinho de jornal. Ele mantém a lixeira limpa, facilita na hora de retirar o lixo e é facílimo de fazer. Leva 20 segundos. A idéia veio do origami, que ensina essa dobradura como um copo. Em tamanho aumentado, feito de folhas de jornal, o copo cabe perfeitamente na maioria dos lixinhos de pia e banheiro que existem por aí. Veja:

Você pode usar uma, duas ou até três folhas de jornal juntas, para que o saquinho fique mais resistente. Tudo no origami começa com um quadrado, então faça uma dobra para marcar, no sentido vertical, a metade da página da direita e dobre a beirada dessa página para dentro até a marca. Você terá dobrado uma aba equivalente a um quarto da página da direita, e assim terá um quadrado.

Dobre a ponta inferior direita sobre a ponta superior esquerda, formando um triângulo, e mantenha sua base para baixo.

Dobre a ponta inferior direita do triângulo até a lateral esquerda.

Vire a dobradura "de barriga para baixo", escondendo a aba que você acabou de dobrar.

Novamente dobre a ponta da direita até a lateral esquerda, e você terá a seguinte figura:

Para fazer a boca do saquinho, pegue uma parte da ponta de cima do jornal e enfie para dentro da aba que você dobrou por último, fazendo-a desaparecer lá dentro.

Sobrará a ponta de cima que deve ser enfiada dentro da aba do outro lado, então vire a dobradura para o outro lado e repita a operação.

Se tudo deu certo, essa é a cara final da dobradura:

Abrindo a parte de cima, eis o saquinho!

É só encaixar dentro do seu cestinho e parar pra sempre de jogar mais plástico no lixo!


Palestra sobre associativismo fecha semana que comemora Dia do Cliente

Acip/CDL

Na última quarta-feira, 15 de setembro, foi comemorado o Dia Municipal do Cliente – instituído por lei no ano passado. A ACIP/CDL programaram diversas atividades esta semana para comemorar a data. Para fechar os eventos, nesta sexta-feira, 17, acontece mais uma palestra, programada para a sede das entidades, com entrada gratuita e voltada para lideranças – seja das empresas, seja da comunidade. Confira os detalhes:
Palestra: Associativismo, com ênfase em liderança - a qualidade começa em mim Dia 17 de setembro – 19:30 horas

Assuntos abordados: O que é associativismo; vontade de se associar; a união faz a força; cenário mercadológico; mudança de hábitos; construindo a minha imagem; eliminado paradigmas; transformando a minha vida.

Palestrante: Alex Nunes - Graduado em Ciências Contábeis e Administração de Empresas pelo Instituto Católico de Minas Gerais - Unileste – 1997; Palestrante e consultor da AMIS - Associação Mineira de Supermercados; Proprietário da EVAREJO - treinamento e desenvolvimento do varejo ; Especialista em: Assessoria e treinamento no setor de varejo; Desenvolvimento da empresa nas áreas de recursos humanos, planejamento, logística, acompanhamento gerencial, analise de clientes e seus potenciais.

Realização: ACIP/CDL
Parcerias: Federaminas, Sebrae/MG e Senac

Minas Fácil de Patrocínio abre empresas em 13 dias facilitando a vida de empresários e contadores

Acip/CDL

O Minas Fácil de Patrocínio foi oficialmente inaugurado no mês de abril. Apesar dos poucos meses de existência, a unidade local já vem se destacando entre os postos do programa em Minas Gerais. Em relação ao tempo de abertura de empresas, Patrocínio está ao lado de cidades como Araguari e Lagoa Santa (13 dias), e à frente de Uberaba (17 dias). No Estado são hoje 30 unidades instaladas.

O Minas Fácil foi um programa criado pelo Governo Estadual para agilizar e facilitar a abertura de empresas em Minas Gerais, diminuindo o prazo de abertura, que era, em média, de 100 dias para menos de 10 dias, segundo explica a analista Daniella Abrahão, advogada do órgão em Patrocínio.

Ela acrescenta que o Minas Fácil abrange, por enquanto, os processos de abertura de empresas, seja sociedade limitada ou empresário individual. “Nossa unidade também possui outros serviços da Junta Comercial, como alterações e extinções de sociedade limitada e empresário individual, autenticação de livros e emissão de certidões simplificadas. Além de nossa Unidade Minas Fácil atender a todos os usuários do Município de Patrocínio, também recebemos processos de outros municípios, com exceção de pedidos de constituição de empresas de municípios que possuam unidade do Minas Fácil”, diz.

Facilidade
Segundo Daniella Abrahão, a vinda do Minas Fácil facilitou a vida dos empresários e contadores de Patrocínio e região. “Antes da unidade do Minas Fácil em Patrocínio, para qualquer processo de constituição, alteração ou extinção de empresa, certidões ou autenticações de livros era necessário que o usuário e/ou contabilista se deslocasse até a cidade de Patos de Minas para solicitar a abertura dos processos, os quais eram enviados para Belo Horizonte para análise e posterior devolução à unidade de Patos de Minas, tendo o usuário que retornar a Patos de Minas toda vez que necessário. Quando o usuário tinha maior urgência era preciso se deslocar até Uberlândia ou mesmo Belo Horizonte”.

Atualmente, o prazo médio de abertura de empresas pelo Minas Fácil de Patrocínio é de 13 dias. Esse prazo envolve aprovação do contrato, liberação do CNPJ, alvará e inscrição municipal. “É preciso mencionar que, quando se trata de uma empresa cuja atividade não requer a fiscalização de vários setores da Prefeitura Municipal, o prazo é consideravelmente inferior, em média de 6 a 8 dias. Também é preciso ressaltar que o número médio de empresas constituídas em Patrocínio é de 20 empresas por mês, sem contar que a nossa Unidade do Minas Fácil também atende outros municípios da região”, comenta Daniela Abrahão.

A advogada está bastante empolgada com o fato do Minas Fácil de Patrocínio já se estabelecer como um dos destaques no Estado. “É muito positivo e gratificante, pois é sinal de que o trabalho que está sendo realizado por toda a equipe está produzindo resultados satisfatórios e elevando o conceito de nossa Unidade Minas Fácil, tendo em vista que, por ter sido aberta apenas há cinco meses, sempre existem problemas de adaptação e aprimoramento das atividades. Tem sido um trabalho conjunto de todos os parceiros empenhados na vinda do Minas Fácil para Patrocínio, notadamente da Prefeitura Municipal de Patrocínio, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Turismo e da Associação Comercial e Industrial de Patrocínio e Câmara de Dirigentes Lojistas”, finaliza.

[Serviço]
Minas Fácil de Patrocínio
Endereço: Rua Joaquim Carlos dos Santos, 141
Telefone: (34) 3831-5500
Atendimento ao Público: 9h às 17h

Ministro da Agricultura Wagner Rossi estará em Patrocínio na abertura do 18º Seminário do Café do Cerrado

Acarpa

Com a presença confirmada do Ministro da Agricultura Wagner Rossi em sua abertura oficial, começa nesta quarta-feira (22) e vai até a sexta-feira (24) a 18ª edição do Seminário do Café do Cerrado. O evento acontece no Espaço Cultural Municipal Joaquim Constantino Neto. O tema deste ano é “Projetamos no presente o cenário do futuro”.

Com duração de três dias, o evento disponibiliza áreas de exposição de empresas, realização de varias palestras, workshop, 1ª Rodada de Negócios – Sebrae, Programa Cozinha Brasil – Alimentação Inteligente – SESI/Circuito Turístico Caminhos do Cerrado, Praça de Alimentação, Feira de Negócios e costuma reunir os produtores da região do cerrado e produtores de diversas regiões cafeeiras do Brasil. A visitação e participação são gratuitas e a inscrição poderá ser feita através do site www.seminariodocafe.com.br e na entrada do evento.

Rodada de Negócios
O Sebrae em parceria com a ACARPA, realizam a 1ª Rodada de Negócios no dia 23 de setembro. O objetivo é criar oportunidades de novos negócios e parcerias. Expositores de maquinários, implementos agrícolas e veículos utilitários têm até nesta segunda-feira, 20 de setembro para enviar a ficha cadastral para
rodada.sebrae@vivamarketing.com.br.

Produtores interessados em participar deverão se inscrever através dos Técnicos do Educampo, Acarpa e Expocaccer.

Programa Cozinha Brasil
Uma parceria entre ACARPA e Circuito Turístico Caminhos do Cerrado apresenta um programa que ensina a comer bem sem gastar muito.

O Programa Cozinha Brasil, será realizado durante o 18º Seminário do Café do Cerrado, durante os 3 dias do evento em três horários por dia: 08:30h às 10:30h; 13:30h às 16:00h e das 16:00h às 18:30h. Inscrições pelo telefone 3831-1546

O SESI, entregará ao participante um kit com Touca e avental , livro de receitas, apostila e certificado de participação.

Palestra Motivacional
A palestra motivacional de encerramento do evento será realizada às 16h00 da sexta-feira (24), com o apoio do SEBRAE. Este ano, ela estará a cargo do palestrante Giovani Zanetta, que figura entre os melhores palestrantes comportamentais do Brasil, reconhecido pelo carisma, conteúdo atual e aplicável e uma metodologia diferente e versátil de interagir com o público. É presença em eventos de renome nacional, seminários, congressos e convenções. Autor do livro “Atitudes vitoriosas, perseverança e auto-estima”. Pós-graduado em Marketing com especialização em Gestão de Pessoas. Bacharel em Comunicação Social.

Com o tema “VOCÊ NASCEU PARA FAZER A DIFERENÇA”, o palestrante informa, emociona, surpreende e revela que podemos sempre mais...!

O Objetivo da palestra é desenvolver nos participantes uma diferente e importante visão sobre as novas atitudes positivas, determinação para superar obstáculos, auto-estima e autoconfiança fazendo a diferença e promovendo um sentimento de vitória e foco no dia a dia de cada um de nós, gerando uma importante mudança pessoal com resultados efetivos em ambientes profissionais. O passaporte de entrada é a doação de alimentos não perecíveis que serão destinados a entidades filantrópicas.

A montagem da estrutura física do evento já está na reta final, mantendo o formato da 17ª edição com ampliação nos estandes externos (Máquinas e Implementos) e a criação do pavilhão para as Concessionárias de Veículos, que participarão com os utilitários na Rodada de Negócios.

Mais informações através da ACARPA (34)3831.8080

Inscrições para o Seminário: www.seminariodocafe.com.br

ACIP/CDL alertam para golpistas usando nomes de cartórios

Acip/CDL

Uma quadrilha de estelionatários tem usado cartórios de títulos para aplicar golpes em todo o País. O alerta é da ACIP/CDL a seus associados e demais empresários de Patrocínio e região.

O golpista se identifica como funcionário de uma assessoria de cobrança de crédito e informa, por telefone, que o empresário será protestado por ter deixado de pagar uma dívida - além de entrar para a lista de devedores, a vítima ainda pode ter seus bens penhorados caso não pague. É comum argumentarem que o débito se deve a um anúncio publicitário feito em lista telefônica.

Os valores geralmente são inferiores a R$ 2 mil. O criminoso informa o cartório para onde o título foi enviado, com o nome do tabelião e o endereço corretos, e passa um número falso de telefone para a vítima entrar em contato.

A maioria das pessoas confere o endereço, mas não o telefone, e quando entra em contato com o cartório está negociando com mais um dos bandidos. Eles pedem para fazer um depósito em uma conta corrente, naquele mesmo dia, para impedir que o documento seja protestado.

“Os cartórios nunca fazem esse tipo de ligação”, diz Cláudio Marçal Freire, vice-presidente da Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-BR) e titular do 3º Tabelião de Protestos de São Paulo. “Para fazer a cobrança, o cartório intima o devedor por meio de um mensageiro do próprio cartório, carta registrada e, em caso de não ser localizado, o comunicado é feito por meio de edital”, explica Freire. Sem esse procedimento inicial, o cartório não pode abrir nenhum processo de cobrança.

“É preciso desconfiar um pouquinho. Se a pessoa não deve, não pode ir pagando qualquer cobrança”, alerta José Carlos Alves, titular do 1º Cartório de Títulos e presidente do Instituto de Estudos de Protesto do Estado de São Paulo (IEPT-SP).

Há ainda a tentativa de golpe por e-mail, em que os bandidos usam o brasão da República para dar a aparência de que a cobrança eletrônica é verdadeira.

PROTESTO: Como funciona

- Ao receber um documento de cobrança solicitando o protesto, o cartório verifica sua veracidade e se as informações são verídicas
- O devedor é intimado por carta registrada, edital ou mensageiro
- A negociação é feita no próprio cartório entre devedor e credor
- Se não há acordo, o título é protestado
- O cartório é obrigado por lei a informar o protesto aos órgãos de proteção ao crédito
- Se o título é pago, o devedor resgata o documento na hora

Fonte: DECOM-ACIP/CDL (Com informações da FCDL/MG e Jornal da Tarde/SP)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Ficha Limpa em 2010

STF decide sobre aplicação da Ficha Limpa

Avaaz.

A Ficha Limpa corre sério risco. Candidatos corruptos, barrados das eleições de outubro, estão apelando para o Supremo Tribunal Federal (STF) questionando a “constitucionalidade” da lei. Se eles ganharem todos os candidatos corruptos que conseguimos banir, serão liberados para disputar as eleições de outubro.


O STF está dividido, alguns juízes defendem a aplicação imediata da Ficha Limpa, mas os outros estão dizendo que a lei só deverá valer para 2012. Eles irão julgar a constitucionalidade da Ficha Limpa a qualquer momento. Nós precisamos agir rápido e deixar claro para os juízes do STF que a sociedade civil brasileira lutou arduamente para passar a Ficha Limpa e queremos que ela seja válida para as eleições de outubro!

Assine a petição ao STF pedindo a validação da lei Ficha Limpa. A petição será entregue diretamente ao Presidente do STF em alguns dias!

http://www.avaaz.org/po/ficha_limpa_supremo/?vl

Graças à Ficha Limpa, mais de 242 candidatos notoriamente corruptos foram barrados das eleições de outubro. Esta lei simboliza uma melhoria imensa na qualidade dos nossos governantes. Porém, em uma medida desesperada para permanecer no poder, os candidatos banidos estão recorrendo ao STF para julgar a Ficha Limpa inconstitucional, a fim de concorrer nas eleições de outubro.

A Ficha Limpa é uma das leis mais democráticas do país, sendo introduzida e aprovada por um esforço da sociedade civil brasileira sem precedentes. Ela se tornou um símbolo de esperança por um governo livre da corrupção. Percorremos um longo caminho pressionando o Congresso, com telefonemas, e-mails e mobilização popular, agora precisamos nos certificar que o STF irá defender a vontade dos brasileiros e não dos corruptos. Assine a petição agora para garantir a validade da Ficha Limpa em outubro:

http://www.avaaz.org/po/ficha_limpa_supremo/?vl

Obrigado por fazer parte deste incrível movimento contra a impunidade e por um governo sem corrupção.

Com esperança por uma eleição sem corruptos,

Toda equipe do Avaaz.

Se essa rua fosse minha...

Mônica Nunes por email

Quem vem de fora seja para visita familiar, negócios ou trabalho faz a seguinte observação:

" - Patrocínio é uma cidade bonita, ruas planas, tempo estável, gente acolhedora."

Quem aqui reside tende a espalhar:

- Patrocínio não tem nada para se fazer. Está parada no tempo, precisa de muita coisa. A culpa é dos políticos e do povo que elege os mesmos, sem pensar ou se deixa levar.

Entre essas duas considerações existem situações bem diferentes. A de quem passa por aqui independente do motivo e a de quem reside aqui. Não sabemos quantas pessoas vieram de outras cidades nestes últimos anos. A cidade não apresenta nenhum estudo sobre isso mas entendemos que unir essas duas situações seria um grande benefício em todos os aspectos. Se alguém veio transferido devido ao trabalho, comprou "terras”, veio tentar a "sorte”, se aposentou e quis morar numa cidade calma, se casou com alguém daqui, são situações que passam pelo mesmo prisma: moram em Patrocínio e deveriam colaborar para a qualidade de vida.

Alguns anos atrás era normal conhecermos os vizinhos, os donos de estabelecimentos comerciais, os gerentes de banco e até o delegado. Hoje a situação passa: se acontecer de você precisar, você conhece; se não, deixa como está. Cada um na sua.

Se quem aqui reside habitua com conseqüência de “achar” que a culpa é dos políticos, joga-se fora algo construtivo que é o cidadão inserido no dia a dia de onde mora. É como se projetasse no outro a responsabilidade de fazer algo e eliminasse a condição de participar deste processo. Podemos agir como hienas seguindo a reclamar “oh dia oh noite” Podemos adquirir mesmo o comportamento daquele camundongo que para superar a angústia de morrer na boca de algum predador pediu ao mágico para transformá-lo em diferentes animais para escapar da morte. Até que o mágico percebeu que a raiz da angústia estava na falta de atitude e decidiu deixá-lo como camundongo :

- Nada que eu faça por você vai ajudá-lo, porque você tem apenas a coragem de um camundongo.

É preciso coragem para romper com o projeto que nos é imposto. Mas saiba que coragem não é a ausência do medo, é sim, a capacidade de avançar.

Não tem nada mais rico do que a mobilização em torno da mudança de comportamento. Jogar fora fórmulas ultrapassadas que esmagam a capacidade que todos têm de escolher o que querem para sua vida pessoal, familiar, profissional. Para aqueles que "acham" que Patrocínio precisa de muita coisa, que tal começar a se organizar na rua em que mora? Que tal buscar o vereador que você votou e pedir explicação por que ainda não foi feito algo primordial no bairro que você mora? Diante do pedido de voto para algum candidato daqui ou de fora, fixe olho no olho, sinta o compromisso com as causas coletivas e não com a permanência no poder, jogo de vaidades, poderio financeiro, o favorecimento de cargos, o ganho com obras públicas.

Ou você acha que esse dinheiro usado na campanha vem do bolso do candidato?

Os políticos embora sejam os representantes eleitos pelo povo, podem, graças à escolha de cada um, perder ou ganhar a condição de representante. O voto é apenas um mecanismo no processo democrático. A situação vai mudar quando todos começarem a "se intrometer” em situações que interferem no dia-a-dia.

- Por que não sinto segurança no bairro que moro?
- Por que tenho que esperar para conseguir vaga para cirurgia?
- Por que trabalhei tanto e ainda tenho que provar que estou doente para aposentar, passando por inúmeras perícias?
- Por que essa obra custa esse valor?
- Por que demitiram aquela diretora?
- Por que pago tantos impostos?
- Por que até hoje não fui selecionado para o programa habitacional?
- Por que meus filhos sofrem com a discriminação?
- Por que em pouco tempo um político dobra seu patrimônio?
- Por que é tão fácil financiar a compra de um veículo?

É preciso, antes de culpar os políticos e o povo, entender o que é hoje a política e o povo no Brasil. Dizer que o povo "não sabe votar” somente reproduz o preconceito autoritário e elitista. A verdade é que os políticos continuam no poder com paralelos distorcidos, manipulação voltada para causas próprias por que nós, enquanto sociedade e eleitores, não acreditamos que podemos mudar este quadro. A conscientização política deve começar dentro de casa, o tempo todo, não apenas em ano eleitoral, uma vez que nossa escolha levará ao nosso objetivo.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Mulheres empreendedoras participam de Missão Internacional

FNQ

O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios vai promover uma Missão Internacional, entre os dias 21 de setembro e 1º de outubro, que levará para a Itália as quatro empreendedoras que venceram as edições 2009 e 2010. O objetivo da missão é promover às ganhadoras uma oportunidade de aprendizado, troca de experiências e práticas de gestão, além da convivência e integração internacional em entidades de disseminação do empreendedorismo e gestão empresarial. A programação da viagem inclui visitas técnicas a organizações de excelência e a centros de empreendedorismo selecionados pelo Sebrae.

O Prêmio é uma iniciativa do Sebrae em parceria da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW), com apoio da FNQ. Tem por objetivo identificar, selecionar e premiar os relatos de vida de mulheres empreendedoras que transformaram seus sonhos em realidade e cuja vida hoje é exemplo para outras que também querem realizar seu próprio sonho de empreendedora.

Prefeita de Patos veio conhecer o Kartodromo de Patrocínio

Kart Clube de Patrocínio por email

A Prefeita de Patos de Minas, Béia Savassi, visitou Patrocínio no fim de semana. Ela veio à cidade para conhecer os melhoramentos do Kartodromo Felipe Massa e conhecer melhor o esporte, pois pretende construir uma pista em Patos para os apaixonados da velocidade, o que sem sobra de dúvida vai fortalecer ainda mais esse esporte a nível regional.

A Prefeita Patense foi recepcionada pelo Vice Presidente da Câmara de Patrocínio, Alberto Sanarelli, que também é um praticante do Kartismo. O Presidente do Kart Clube de Patrocínio, Francisco Lima (Chicão Ceará) e o secretário Everardo, mostraram a Béia Savassi os melhoramentos no Kartodromo. Com recursos do próprio Kart Clube, esta sendo construída uma mureta de proteção e com recursos da Prefeitura, uma rede elétrica que vai possibilitar a iluminação noturna da pista. Anteriormente, na atual gestão do Prefeito Lucas, que também é um apaixonado pelo esporte, foi construída um alambrado de segurança entre a pista e o local destinado ao público.

Além da Prefeita vieram secretários da Prefeitura de Patos e o renomado piloto Giusseppe Vince, que já correu em várias categorias do automobilismo, inclusive a Stock Car.

A convite dos anfitriões, Béia Savassi arriscou a dar algumas voltinhas no Kart de propriedade do Delegado Regional, Dr.Carlos que juntamente a esposa e o filho também são adeptos do kartismo. E a prefeita patense foi bem, dando uma volta completa na pista com segurança.

Entusiasmada, Béia Savassi retorna a Patrocínio no dia 10 de Outubro, quando acontece mais uma prova do Campeonato Regional promovido pelo Kart Clube de Patrocínio, com a presença de pilotos da região e até de outros estados, como São Paulo.

Brasil Lidera Combate à Fome Segundo Relatório da Action Aid

Action Aid

Segunda edição do documento posiciona o Brasil, novamente, como a nação que mais vem combatendo este problema


No dia 14 de setembro, uma semana antes da reunião de avaliação do progresso mundial em relação aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, na sede das Nações Unidas, em Nova York, a ActionAid lança a segunda edição do relatório Quem está realmente combatendo a fome? (PDF), estudo que traça um ranking dos países, desenvolvidos e em desenvolvimento, que mais têm combatido a fome no mundo. Pela segunda vez, o Brasil ocupa o primeiro lugar do grupo de países em desenvolvimento, principalmente, por ter conseguido atingir a meta de reduzir à metade a proporção de pessoas desnutridas e de crianças abaixo do peso em pouco mais de 10 anos.


O Brasil
A razão de indicar o Brasil como líder do placar está no fato de a cobertura de políticas do bem-estar ter sido significativamente ampliada nos últimos anos. Houve aumentos reais do salário mínimo e a expansão de um programa nacional de transferência de renda, introduzido em conjunto ao crédito subsidiado e a programas de compras governamentais que apoiam os pequenos agricultores. Tomadas simultaneamente, estas medidas tiveram impacto fundamental na redução da desigualdade brasileira.

“É inegável o avanço obtido pelas políticas sociais dos últimos anos, muitas das quais resultado de propostas e demandas históricas da sociedade civil. O Brasil conseguiu reduzir o número de pessoas vivendo em extrema pobreza de 21 milhões em 2003 para 8,9 milhões em 2008. Há previsões de que caso esse ritmo se mantenha nos próximos anos, a pobreza extrema deverá ser erradicada no pais até 2014”, afirma Rosana Heringer, diretora executiva da ActionAid no Brasil.

Embora as melhorias sejam visíveis e a meta tenha sido atingida, a organização aponta que ainda é preciso fazer mais investimentos na agricultura familiar, que produz 75% do que é consumido pela população. O programa de compra de produção dos agricultores, por exemplo, poderia ser ampliado se recebesse maior orçamento e se ganhasse mais agilidade nos repasses aos produtores.


terça-feira, 14 de setembro de 2010

Abertura da 16ª Campanha Educativa de Trânsito acontece nesta sexta-feira


Rotary Brumado dos Pavões

Com o tema “Cinto de Segurança e Cadeirinha” o Rotary Club e Casa da Amizade Brumado dos Pavões juntamente com os parceiros e colaboradores promoverão a abertura oficial da 16ª Campanha Educativa de Trânsito, nesta sexta feira, 17 de setembro a partir das 08h00min da manhã no Auditório Municipal Geraldo Campos.

Durante toda a semana, de 18 a 25/09, inúmeras atividades serão desenvolvidas entre elas blitzes educativas, palestras, simulação de acidentes com primeiros socorros além de passeio ciclístico com sorteio de brindes e missa em ação de graças.

Na oportunidade os alunos vencedores dos concursos de slogan e redação serão premiados e os motoristas e motociclistas padrão homenageados por sua conduta na condução dos veículos automotores.

Confira os nomes dos vencedores dos concursos de redação e slogan em cada categoria:

Tema da Campanha: Cinto de Segurança e Cadeirinha.(DENATRAN)

Ensino Fundamental
Modalidade Redação
1º Lugar. Tainá Queiroz de Andrade. 01 bicicleta
Escola Municipal João Beraldo.
5º I.

2º Lugar: Thamiris Cristina de Almeida.
Escola Municipal Maria Isabel Queiroz Alves. 01 relógio
5º C

Ensino Médio.
Modalidade Redação.
1º Lugar.
Augusto Afonso Rosa. 01 bicicleta
Colégio Atenas.
2º Amarelo.

Ensino Fundamental.
Modalidade Slogan.
1° Lugar.
Viviane da Conceição Lima.
Escola Municipal Maria Isabel Queiroz Alves. 01 bicicleta
8° B.

2º Lugar.
Vitória Eduarda Pereira Silva.
Escola Municipal Maria Isabel Queiroz Alves. 01 relógio
6º D.

3º Lugar.
Gabriel Mota Ribeiro
Escola Estadual Ormy Araújo do Amaral. 01 relógio
8º II.

Ensino Médio
Modalidade Slogan.
1º Lugar.
Maycon Henrique de Oliveira.
Escola Estadual Ormy Araújo do Amaral. 01 bicicleta
2º I

2º Lugar.
João Manoel Paião.
Escola Estadual Venina Tavares do Amaral. 01 relógio
3º único.

Inscrições para formação técnica gratuita em Mecânica no Senai vão até sexta-feira, 17/9

Estão abertas as inscrições para formação Técnica gratuita e de qualidade (área Mecânica) na Unidade SENAI Patrocínio-MG.

Serão apenas 35 vagas - turno NOTURNO. (Bolsas PEP - Programa de Educação Profissional)

Não perca a oportunidade e se inscreva no site www.educacao.mg.gov.br .

As inscrições se encerrarão dia 17 de Setembro de 2010.

Vejam folder abaixo com maiores dados.


Máfia Azul de Patrocínio comemora 1o aniversário, 18/9


A Máfia Azul de Patrocínio estará promovendo no próximo sábado, 18, uma grande festa para comemorar seu 1º aniversário na cidade.

A festa acontece a partir de 21h30min no Centro Esportivo Camisa 10. Os ingressos podem ser adquiridos no local da festa, lembrado que o evento é 100% Open Bar.

Mais informações pelo (34) 9905 0404 ou (34) 8829 3854 tratar com Clever.

Eventos programados pela ACIP/CDL marcam comemoração do Dia do Cliente

Acip/CDL

Data será comemorada na próxima quarta-feira, dia 15. Durante a semana haverá diversas atividades


O Dia do Cliente será comemorado na próxima semana – na quarta-feira. A ACIP/CDL prepararam atividades para marcar a data. Confira:

Palestra: O SPC e o Crédito
Dia 15 de setembro – 19:30 horas
Assuntos abordados: o crédito; a ficha cadastral; contrato de Crédito; nota promissória; cuidados com o cheque; tipos de consultas; procedimentos para registros e cancelamentos; responsabilidades na correta utilização do banco de dados; notificações e prazo de registros; referências comerciais e consultas SPC BRASIL e SERASA.
Palestrante: Cleide Ribeiro da Costa Araujo – gerente executiva da ACIP/CDL
Realização: ACIP/CDL

5ª. Reunião de Associados:
Projetos SEBRAETEC e SEBRAE MAIS
Dia 16 de setembro – 08:00 horas
Assuntos abordados: apresentação dos projetos de Consultoria em Merchandising Visual e Programa para empresas avançadas (SEBRAEMAIS) do Sebrae/MG para serem desenvolvidos em setembro, outubro e novembro de 2010. (vagas limitadas para a participação nos projetos).
Palestrantes: Consultor SENAC e Técnico SEBRAE/MG
Realização: ACIP/CDL
Parcerias: SEBRAE/MG e SENAC

Palestra: Associativismo, com ênfase em liderança - a qualidade começa em mim
Dia 17 de setembro – 19:30 horas
Assuntos abordados: O que é associativismo; vontade de se associar; a união faz a força; cenário mercadológico; mudança de hábitos; construindo a minha imagem; eliminado paradigmas; transformando a minha vida.
Palestrante: Alex Nunes - Graduado em Ciências Contábeis e Administração de Empresas pelo Instituto Católico de Minas Gerais - Unileste – 1997; Palestrante e consultor da AMIS - Associação Mineira de Supermercados; Proprietário da EVAREJO - treinamento e desenvolvimento do varejo ; Especialista em: Assessoria e treinamento no setor de varejo; Desenvolvimento da empresa nas áreas de recursos humanos, planejamento, logística, acompanhamento gerencial, analise de clientes e seus potenciais.
Realização: ACIP/CDL
Parcerias: FEDERAMINAS E SEBRAE/MG

Inscrições para Rodada de Negócios Vão até amanhã, 15/9

Clique na imagem para ler mais sobre a Rodada de Negócios Sebrae.


Maiores informações pelo 3211 4429

Inscrições no mesmo telefone oupelo rodada.sebrae@vivamarketing.com.br

Rodada de Negócios movimentará o 18º Seminário do Café do Cerrado

Acarpa por email

Participando da Rodada de Negócios empresas e produtores serão incluídos no Catálogo de Oportunidades, um guia de consultas disponível a todas as empresas participantes do evento.


Como realizadora do Seminário do Café, a ACARPA pretende incentivar e incrementar a realização de negócios durante o evento. Para isso, a Diretoria aprovou a realização da RODADA DE NEGÓCIOS durante a 18ª edição do Seminário no dia 23 de setembro, no Espaço Cultural em Patrocínio. Caberá aos Grupos do Educampo, com o apoio das cooperativas, o desafio de levantar as demandas dos produtores e à Acarpa o levantamento das ofertas das empresas fornecedoras.

Realizada com base na metodologia desenvolvida pelo Sebrae, a Rodada de Negócios é reconhecida pelo mercado nacional como um ponto de encontro para fazer bons negócios. “A iniciativa envolverá empresas de máquinas e implementos agrícolas da cidade de Patrocínio e do mercado nacional. A Rodada de Negócios promoverá o encontro entre produtores e empresas, incentivando a criação de grandes parcerias de negócios.”, afirma Marcos Geraldo Alves, Analista de Negócios do Sebrae, Gestor do Projeto Sistema Café do Cerrado..

Realizar a Rodada de Negócios dentro do Seminário do Café é uma das ações mais aguardadas da comissão organizadora e será um marco na história do evento. Para participar da Rodada, as empresas interessadas deverão participar do evento, locando seus espaços e deverão informar à Acarpa a relação das máquinas e implementos a serem ofertados, entre outras informações. O produtor interessado em participar deve procurar os técnicos do Educampo e Acarpa para preencher o formulário.

Os objetivos da Rodada de Negócios são vários, entre eles:

* Facilitar a aproximação e o intercâmbio comercial e tecnológico entre empresas;
* Estimular parcerias;
* Despertar o interesse comercial comum;
* Criar um ambiente propício e saudável para os encontros de negócios;
* Possibilitar o acesso a novos mercados;
* Aproximar ofertantes e demandantes de produtos e serviços.

Benefícios para os participantes

As empresas “ofertantes” conseguem benefícios específicos com as Rodadas de Negócios, como:

* Identificação e captação de novos compradores e parceiros;
* Possibilidade de contato direto com pequenos, médios e grandes produtores rurais;
* Oportunidades de realização rápida de negócios;
* Troca de informações;
* Contato com maior número de produtores;
* Aquisição de know-how (conhecimento, capacitação e habilidade para realizar uma tarefa) e acesso a novas tecnologias;
* Aumento do volume de vendas.

Os produtores, (demandantes), por sua vez, também conseguem vários benefícios nas Rodadas de Negócios:

* Compra de produtos com melhores preços e condições especiais;
* Integração com a comunidade empresarial;
* Busca de novas parcerias;
* Maior conhecimento do mercado.

FGV: 29 milhões de brasileiros entraram na classe média

America Economia

Levantamento foi feito com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - Agencia Estado


De 2003 a 2009, um total de 29.063.545 brasileiros ascenderam para a classe C, a chamada nova classe média. Somente entre 2008 e 2009, período da crise financeira internacional, 3.172.653 pessoas passaram a fazer parte da classe C. Os dados constam da pesquisa "A Nova Classe Média: O Lado Brilhante dos Pobres", divulgada nesta sexta-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

"Essa classe já representa mais da metade da população e tem um grande poder político e econômico, pois detém o maior poder de compra da população", afirmou o pesquisador e responsável pela análise, Marcelo Nery. O levantamento foi feito com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), relativa a 2009 e divulgada esta semana pelo IBGE, apontam que o número de brasileiros que compõem a nova classe média, cuja renda varia de R$ 1.126 a R$ 4.854, chegou a 94,9 milhões de pessoas e ultrapassou pela primeira vez os 50% da população.

De julho de 2009 a julho de 2010, a renda média dos brasileiros cresceu 7,7%, mostrou o estudo da FGV. O porcentual é superior à média anual de 3,8% registrada de dezembro de 2002 a dezembro de 2008. O levantamento mostrou ainda que o índice de Gini, que mede a desigualdade, recuou 1,4% entre julho de 2009 e julho de 2010. "A desigualdade continua em queda, o processo de emergência da classe média é sustentável e diferente da Índia e da China, que crescem economicamente, mas nem tanto com redução de desigualdade", comentou Nery.

Ele disse ainda que o forte aumento da renda registrado no período de julho de 2009 a julho de 2010 também é resultado do fato de o País estar às vésperas de eleições. Segundo o pesquisados, este movimento costuma ocorrer em períodos que antecedem a ida dos brasileiros às urnas para a eleição presidencial.

Renda

O estudo da FGV identificou ainda que o crescimento do País nos últimos anos está mais baseado em geração de renda do que em consumo. Enquanto o índice sintético de potencial de consumo aumentou 22,6% entre 2003 e 2008, o índice de geração de renda subiu 31,2%. Para Nery, isso indica a sustentabilidade do crescimento. "Está prosperando mais o lado trabalhador do que o lado consumidor", afirmou. "Com isso, as empresas devem estar contentes, pois as pessoas vão poder continuar comprando."

De acordo com o responsável pela pesquisa, "não é só crédito e programas sociais (a razão do crescimento da renda) - o Brasil foi para a escola nos anos 90, conseguiu trabalho com carteira assinada, está contribuindo para a Previdência, está investindo em computadores", comentou.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Brasil é 3º país preferido para investimentos, diz ONU

America Economia

Genebra, Suíça. À frente dos Estados Unidos e da Europa, o Brasil é o terceiro destino favorito de multinacionais que planejam realizar investimentos até 2012. Os dados foram anunciados no domingo (6) pela Conferência da ONU para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad) a partir de uma pesquisa feita anualmente com 236 empresas multinacionais e 116 agências de promoção de investimentos pelo mundo. Segundo o levantamento, empresas multinacionais apostam em uma alta importante no fluxo de investimentos no mundo nos próximos dois anos, em mais um sinal de que o mercado estaria retomando confiança depois da crise. Mas a crise deixou seu legado. Para as multinacionais, nove dos 15 países preferidos nos próximos dois anos para investir estão nas regiões emergentes.

Pela primeira vez desde que o levantamento começou a ser feito há dez anos, o BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) está entre os cinco locais preferidos do setor privado para investir. O interesse de multinacionais por investimentos no setor de commodities e o crescimento do mercado doméstico brasileiro é o que estaria colocando o País em uma posição de destaque.

A lista dos cinco primeiros colocados na avaliação das multinacionais é completada pela Rússia, outro membro dos BRIC, mas com menos de 40 multinacionais colocando a nação como prioridade. Pelo levantamento, a classificação ainda conta com o México na sexta colocação, seguido pelo Reino Unido, Vietnã, Indonésia e Alemanha.

O grande interesse de multinacionais nos emergentes é o setor primário e de commodities. Segundo a Unctad, o setor de mineração e outros de exploração de recursos naturais conseguiram manter os mesmos níveis de investimentos dos últimos anos, apesar da crise. Já o setor automotivo, de produtos químicos e eletrônicos sofrem com uma produção acima da capacidade de consumo hoje dos mercados ricos. O resultado foi um corte importante nos investimentos.

Mas os países emergentes também aparecem cada vez mais como origem de investimentos. Entre os 20 investidores mais promissores em 2010, quase metade era de países em desenvolvimento. O primeiro lugar ainda é dos Estados Unidos. Mas a China já vem na segunda colocação, com a Índia na sexta posição e os russos no nono lugar.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Jovem piloto patrocinense volta a se destacar em São Paulo


Destaque ao jovem talento patrocinense que ficou em 5° lugar categoria 125cc Sprint no 6º Festival Brasileiro de Kart aconteceu nos dias 3, 4 e 5 de Setembro de 2010 sediado em Araraquara - SP. Trata-se de Luan Victor da Silva Lima de quinze anos, filho de Regina e Francisco Josué Candido de Lima, atual presidente do Kartódromo "Filipe Massa" de Patrocínio-MG. O piloto teve apoio do Patrocínio On-line, Posto Serra Negra, Mega presentes, Líder Materiais para Construção e Kaedu Modas. E importante citar que esta etapa é de alto nível e requer muito investimento .

O pai do piloto, Francisco (Chico Ceará na foto acima ao lado do filho) pretende investir na carreira do filho e por isso espera obter patrocínio das empresas locais. Talento Luan tem de sobra, o que falta é apoio e com certeza os patrocinenses vão se sensibilizar e apoiar este jovem talento local .

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Café para o cabelo e para a pele!

Café para o cabelo e para a pele! Em Três Pontas (MG), uma empresa usa os grãos verdes de café na produção de cosméticos. O pioneirismo do projeto já trouxe reconhecimento internacional para a empresa.

O município de Três Pontas é o maior produtor de café do mundo. São 30 milhões de pés, em 24 mil hectares. Uma empresária da cidade teve uma idéia sensacional: usar o café como matéria-prima para a fabricação de cosméticos. Já são 33 produtos. Como o sabonete café maduro, feito com o grão. O projeto é da farmacêutica e bioquímica Vanessa Vilela Araujo. Hoje, com o trabalho, Vanessa está colocada entre as 10 melhores empreendedoras do mundo.

“Nós estamos na região que é a maior produtora de café do mundo, onde tudo gira em torno do café. Então, porque, além de se tomar café, também não se passar café na pele, no cabelo e no corpo?” Estudos revelam que a cafeína estimula a queima de gordura e a redução de medidas e as propriedades esfoliantes do grão torrado melhoram a circulação sanguínea.

“O café é extremamente rico para a nossa pele. Ele tem alta concentração de substâncias antioxidantes que combatem os radicais livres, que causam o envelhecimento da nossa pele”, explica a farmacêutica Vanessa Vilela de Araújo. A fazenda do marido da empresária, o produtor rural Juliano Araújo, colhe 420 toneladas de café por ano. Da produção, 10% vai para a fábrica de cosméticos.

Leia a matéria completa aqui e o vídeo da matéria.

Desfile da Independência em Patrocínio retrata povos de outros países que vieram para o Brasil

Rede Hoje

O Desfile Cívico da Independência acontece nesta terça-feira, 7 de setembro, em Patrocínio a partir de 8h30 da manhã. O trajeto será o tradicional – pela Av. Rui Barbosa. O tema é “Brasil, um país de todas as raças”, mostrando povos que vieram para cá e trouxeram suas características, tradições e cultura.

A festa cívica contará com a participação das escolas e centros educacionais e também do Tiro de Guerra, viaturas da Polícia Civil, da Polícia Militar Rodoviária, da Polícia Militar do Meio Ambiente viaturas do Corpo de Bombeiros e da polícia Militar. Além disso, terá apresentações de carros antigos e contará com a apresentação da Banda Musical Abel Ferreira.

Haverá ainda 10 carros alegóricos.